Dia de leitura em Quiterianópolis

por João Bosco Bezerra Bonfim

Artes Verbais, Literatura de Cordel, Discurso, Letramento Literário, Narrativas, Poesia


No dia 27 de maio, em visita ao Ceará, fui convidado para o Dia D da Leitura, na Escola Cícero Bezerra – vejam que coincidência -, que fica em Quiterianópolis, CE.

Ouça a entrevista.

As crianças haviam lido algumas das obras, e pudemos conversar sobre O Soldadinho de Chumbo em Cordel, da Editora Prumo, a Rabeca de Seu Chico Joana; São Chiquinho, ou o Rio Quando Menino, da Editora Biruta, e o Lobo-Guará de Hotel, da Editora Callis Editora. Fui surpreendido por duas versões de Seu Chico Joana, um ainda novo; e outro já na idade que eu conheci o Chico Joana biográfico. Para minha surpresa, este também sabe tocar rabeca. Indo muito no passado, meu avô, Luiz Bezerra de Menezes Lima, nasceu na Cruz-Inácio José, no hoje município de Quiterianópolis. E para quem não sabe, tenho um livro que se chama Chronica de D. Maria Quitéria dos Inhamuns. Concedi entrevista a um programa local, veiculado pela Rádio Poti. Foi um dia de reencontro com as raízes, primos, e educadores daquela escola maravilhosa. Obrigado.

Produção: Marilda de Fátima dos Santos Bezerra

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook Email

About João Bosco Bezerra Bonfim

Poeta, pesquisador de linguística e literatura. Mora em Brasília, DF, Brasil. Autor de mais de vinte livros: análise de discurso, poesia, literatura infantojuvenil, cordéis. Nasceu na Barra do Riacho Seco, município de Novo Oriente, Ceará, em 1961. Reside em Brasília desde 1972. Professor de literatura, mestre e doutor em linguística, na área de análise do discurso. Ministra oficinas para mediadores de leitura; faz leituras públicas de suas obras; participa de eventos literários em todo o Brasil.

Nenhum comentário ainda... Seja o primeiro a deixar uma mensagem!

Deixe uma mensagem