Canto chão

por João Bosco Bezerra Bonfim

Artes Verbais, Literatura de Cordel, Discurso, Letramento Literário, Narrativas, Poesia


Se me fosse dado ter voz,
Cantava?
E se ouvidos houvesse
– e de Vós viesse esse som –
Sussurrar ou suspirar havia de?

Não. Um canto não me basta.
‘Inda mais um cantochão!
Mesmo que cantado por
Monjas beneditinas
Ou por Clarissas, nas calçadas.

Então, para que Vós,
Se mudo me mandam
Cruzar esse signo algoz?

(João Bosco Bezerra Bonfim, publicado originalmente aqui, neste blog.)

Twitter Digg Delicious Stumbleupon Technorati Facebook Email

About João Bosco Bezerra Bonfim

Poeta, pesquisador de linguística e literatura. Mora em Brasília, DF, Brasil. Autor de mais de vinte livros: análise de discurso, poesia, literatura infantojuvenil, cordéis. Nasceu na Barra do Riacho Seco, município de Novo Oriente, Ceará, em 1961. Reside em Brasília desde 1972. Professor de literatura, mestre e doutor em linguística, na área de análise do discurso. Ministra oficinas para mediadores de leitura; faz leituras públicas de suas obras; participa de eventos literários em todo o Brasil.

Nenhum comentário ainda... Seja o primeiro a deixar uma mensagem!

Deixe uma mensagem